No peito e na alma !

No peito e na alma !

domingo, 3 de maio de 2015

Decisivo em título, Robinho apresenta novo funk: "Peixão que tá mandando"


Atacante santista é dono da festa após vitória nos pênaltis sobre o Palmeiras. Nova música, participação em gols e primeira taça na Vila dão o tom do craque

A irreverência de Robinho não tem hora, lugar ou situação específicos para entrar em ação. Foi assim após a derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, no primeiro jogo na final do Campeonato Paulista, quando um vídeo cantando funk ganhou repercussão. Após o título nos pênaltis sobre o rival, neste domingo, a reação não poderia ser diferente.

A taça do Paulistão inspirou Robinho na criação de outro funk, que o próprio atacante cantou em rede nacional.

– Quando eu jogava na várzea, não tinha um vintém. Me desculpe os palmeirenses, mas não desrespeitei ninguém. Mando abraço pro são-paulino e pro corintiano. Mas no Paulistão 2015 é meu Peixão que tá mandando – brincou.

Robinho foi decisivo para o "Peixão" continuar mandando no cenário estadual. Após uma semana tensa, de recuperação de um edema na coxa esquerda, o atacante foi confirmado na decisão e animou torcida, comissão técnica e companheiros de time.

Todos sabiam do quanto o atacante gosta de jogos de grande importância. Não deu outra. Um passe imprevisível e de primeira originou o gol de David Braz. Uma bola alta para Ricardo Oliveira começou o segundo gol santista. Nem o gol palmeirense, de Lucas, abalou a confiança do santista. 

De fora, o ídolo viu a tensa disputa de pênaltis e foi quase um garoto comemorando a taça, do alto de seus 31 anos. A emoção tinha explicação. Era o primeiro título de Robinho conquistado na Vila Belmiro.

– O time todo está de parabéns, estamos empenhados desde o começo do campeonato, o time é merecidamente campeão – disse, rapidamente, antes de ser abraçado pelos colegas.

Com o Peixe, Robinho venceu dois Campeonatos Brasileiros, dois Paulistas e uma Copa do Brasil, mas nunca havia dado uma volta olímpica na Vila. Os títulos anteriores foram conquistados no Morumbi, no Teixeirão, em São José do Rio Preto, no Pacaembu e no Barradão, em Salvador.

Globoesporte.com

Nenhum comentário: