No peito e na alma !

No peito e na alma !

terça-feira, 28 de abril de 2015

Renato diz que Santos ganha com versão "pilhada" de Ricardo Oliveira

Artilheiro do Santos mostrou lado pouco conhecido em campo no último domingo, com grito e reclamações. Volante diz que companheiro "luta, briga, quer vencer"

O comportamento de Ricardo Oliveira chamou a atenção de quem assistiu à vitória do Palmeiras por 1 a 0 sobre o Santos, no último domingo, em São Paulo, pela primeira partida da decisão do Campeonato Paulista. "Pilhado", o jogador, assim como alguns companheiros, reclamou bastante com o árbitro Vinicius Furlan e protagonizou outros momentos de exaltação sem a bola nos pés.

Depois de Dudu perder pênalti no começo do segundo tempo, por exemplo, Oliveira correu em direção ao adversário e gritou, comemorando o erro (veja no vídeo acima). O centroavante também se desentendeu com o zagueiro Victor Ramos em alguns lances. Para o volante Renato, é bom o camisa 9 entrar em campo desta maneira no próximo domingo, no segundo jogo da decisão.

– O Ricardo (Oliveira) é assim mesmo. Pode ser que nos outros jogos não tenha transparecido, mas ele luta, briga, quer vencer. (O grito) ao Dudu foi pelo pênalti, pela jogada (os santistas acharam que não foi falta de Paulo Ricardo no atacante palmeirense). O árbitro reverteu dois laterais para o Palmeiras e isso acaba nos irritando um pouco. A reação do Ricardo foi atípica, mas é um cara que briga, está sempre ajudando. Ele também teve mais alguma briga com o Victor Ramos, mas coisa de jogo, que passa. No domingo, esperamos que ele entre assim, pilhado, também, para ajudar o Santos a ser campeão – falou o volante.

Os santistas ficaram bastante irritados com Vinicius Furlan no clássico disputado na Arena Palmeiras, principalmente após ele expulsar David Braz ao invés de Paulo Ricardo, que cometeu o pênalti em Leandro Pereira no início da segunda etapa.

Como perdeu o primeiro duelo decisivo por 1 a 0, o Peixe precisa vencer por dois gols de diferença para ser campeão na Vila Belmiro. Caso conquiste uma vitória simples, a equipe comandada por Marcelo Fernandes decidirá o título nos pênaltis com o rival. Qualquer outro resultado dá o troféu do Paulista ao Palmeiras.

Globoesporte.com

Nenhum comentário: