No peito e na alma !

No peito e na alma !

segunda-feira, 27 de abril de 2015

4 motivos para o Santos acreditar que é possível sair campeão na Vila



O Santos foi derrotado por 1 a 0 na primeira final contra o Palmeiras, mas a impressão era de que o time havia saído pelo menos com um empate. Jogadores, comissão técnica e presidente do time da Baixada não demonstraram abatimento na saída do estádio Allianz Parque. E sobram motivos para o elenco alvinegro acreditar no título estadual.

A declaração pós-jogo do presidente do clube, Modesto Roma, resume o sentimento do time.

"O Santos será campeão. Se hoje o Palmeiras ganhou R$ 4,5 milhões de renda, nós ganharemos também R$ 4,5 milhões no domingo que vem: R$ 1,5 milhão de renda na Vila e mais R$ 3 milhões de premiação pelo nosso título".

Qualquer vitória do Santos por um gol de diferença na Vila leva a decisão para as penalidades. Empate dá a taça ao Palmeiras.

Veja algumas explicações dos santistas para acreditar na taça contra o Palmeiras:

1 - 2º jogo terá Robinho

O Santos tirou Robinho do jogo deste domingo, em São Paulo, para não correr risco de perdê-lo para o próximo duelo. O camisa 7 se recupera de lesão muscular. A comissão técnica e o departamento médico acreditam que Robinho estará em plenas condições físicas.

"Teremos o Robinho no domingo. Vamos reverter esse jogo", declarou Modesto Roma, na saída do estádio.

2 - Invicto na Vila em 2015

O Santos não perdeu na Vila Belmiro nesta temporada. Foram sete partidas disputadas, com cinco vitórias e dois empates. Um dos triunfos foi justamente sobre o Palmeiras, 2 a 1, pela primeira fase do Paulistão. A última vitória do Palmeiras na Baixada ocorreu em abril de 2011.

3 – Santos diz que não perderia clássico se não fosse o juiz

O Santos apontou o árbitro Vinicius Forlan como o maior responsável pela vitória do Palmeiras no Allianz Parque. A reclamação santista está principalmente no pênalti de Paulo Ricardo em Leandro Pereira, que resultou na expulsão do santista, no começo da etapa final.

"O resultado foi injusto. Poderíamos ter saído com resultado melhor, mas a arbitragem prejudicou o Santos. A gente ia para empatar no segundo tempo e até virar. Mas na Vila Belmiro a situação será bem diferente. É a nossa casa", comentou David Braz.

4- 1 a 0 é reversível

O elenco do Santos entende que conseguiu evitar que o Palmeiras ficasse muito perto do título. Com um a menos em campo desde os 10 minutos da etapa final, o Santos segurou a pressão exercida pelo time alviverde.

"Pelas circunstâncias do jogo, conseguimos um grande resultado. Temos que entender que perdemos um atleta. E 1 a 0 é um placar que a gente pode perfeitamente conseguir na Vila", disse Geuvânio

Uol Esporte

Um comentário:

victor caua azevedo disse...

O juiz robou para o palmeras mas o proximo e na vila nòs teremos o jogador robinho em campo minha opinial e santos ganha de 2 x 0 ou ir para os penâltes