No peito e na alma !

No peito e na alma !

segunda-feira, 23 de março de 2015

Werley credita boa fase do Santos à união: 'Fico louco para estar aqui



Sem perder há 14 jogos, 12 neste ano, os jogadores do Santos dizem, com orgulho, que o Peixe vive uma boa fase. Nesta segunda-feira, o zagueiro Werley atribuiu o sucesso alvinegro à união do elenco. O mais curioso foi a opinião do defensor sobre as concentrações.

Enquanto alguns atletas no futebol pedem o fim do confinamento antes dos jogos, o camisa 2 do Alvinegro afirmou que tem vontade de trabalhar até quando está de folga.

- Trabalhar com vitória é muito bom. O clima fica leve, apesar de já ser leve e todos se respeitarem. Às vezes estou em casa e fico louco para estar aqui. Nosso segredo é a dedicação de todos. Comissão, funcionários e diretoria. Botamos na cabeça para todos darem o máximo. E isso acontece. Esperamos manter daqui para frente - disse o beque sobre os bom momento coletivo.

- Concentramos pouco. Treinamos, jantamos e vamos para a concentração. Aqui é tranquilo. Na concentração ficamos juntos, conversamos, falamos de jogo. É favorável. Tem a cobrança, que é normal do futebol - completou.

No canal oficial do clube na internet, a Santos TV, as atividades em grupo são sempre registradas. Na grande parte dos vídeos os jogadores sempre fazem brincadeiras, caracterizando a descontração do ambiente.

Por fim, o zagueiro que chegou no início do ano, emprestado pelo Grêmio, afirma que se surpreendeu com os bastidores do Santos, já que até então ele só via informações relacionadas a crise, atrasos salariais e jogadores deixando o clube na Justiça.

- Por tudo que foi falado antes de eu chegar, me surpreendeu. Quando cheguei aqui, não acontecia nada do que eu ouvia. Logo, deu 20 dias e o presidente pagou o salário de janeiro. Eu tinha salário atrasado no Grêmio também. Comigo o Santos não atrasou R$ 1. Sempre nos focamos em trabalhar e sabíamos que tínhamos condição de brigar de igual para igual. Nossa base é muito boa. E nosso 

também trabalhava sério taticamente. O Santos é uma equipe competitiva e vai mostrar isso na segunda fase do campeonato - concluiu.

Lancenet 

Nenhum comentário: