No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 26 de março de 2015

Santos ignora problemas e tem maior sequência de vitórias da elite




Mesmo com problemas financeiros e atrasos, equipe engrena na temporada e já soma oito triunfos consecutivos; técnico diz que “simplicidade” explica boa fase alvinegra

Crise financeira, salários atrasados, jogadores deixando a equipe pelas portas dos fundos, contratações que geravam mais dúvidas do que certezas nas cabeças dos torcedores. O início de ano do Santos era cercado de más notícias que faziam muitos prever o pior para a temporada. Quando a bola começou a rolar, aos poucos, o time se livrou da desconfiança. Hoje, entre as equipes da elite nacional, é a que vive a maior sequência de vitórias: são oito jogos sem perder pontos.

Invicto, o Peixe empatou pela última vez contra o São Paulo, em 0 a 0, na Vila Belmiro, pela quarta rodada do Paulista – mesmo placar do confronto com o Mogi Mirim, o segundo do ano. Desde então, passou por São Bernardo, Portuguesa, Linense, Botafogo, Palmeiras, Maríla, Londrina (na Copa do Brasil) e Audax.

Entre os rivais da Série A do Brasileiro, o que mais se aproxima é o Flamengo, que nesta quarta-feira bateu o Bangu e chegou à sétima vitória consecutiva.

Para manter a sequência, o Santos terá que vencer a Ponte Preta, em Campinas, na noite desta quinta-feira – será apenas o terceiro adversário da primeira divisão nacional da equipe neste ano. O técnico Marcelo Fernandes, no comando alvinegro em cinco desses triunfos, espera dificuldades no duelo do Moisés Lucarelli.

– A Ponte Preta é um adversário dificílimo, lutando por vaga, e vai querer vir para cima do Santos – disse o treinador santista.

Os problemas fora de campo, porém, não terminaram. A diretoria admite que ainda deve direitos de imagem aos atletas. No momento de maior turbulência até aqui, Fernandes foi promovido à função atual após a demissão de Enderson Moreira, que teve problemas com o elenco. Nada que atrapalhasse o rendimento do time.

– A simplicidade é tudo. O que nós combinamos para os jogos está sendo executado. Os jogadores fizeram tudo muito bem feito até agora. O grupo está fechado, unido. Somos (comissão técnica) só combustível para eles chegarem ainda mais longe no campeonato.

Contra a Macaca, Fernandes não poderá contar com seu principal jogador. Robinho, na seleção brasileira, deve ser substituído por Gabriel. Valencia, que cumpriu suspensão contra o Audax, volta ao time.

Globoesporte.com

Nenhum comentário: