No peito e na alma !

No peito e na alma !

terça-feira, 31 de março de 2015

Ricardo Oliveira afirma que não terá dificuldade para renovar com o Santos


Atacante revela que acertou transferência com um contrato curto de forma "tranquila", pois vivia um momento que ninguém sabia como ele se encontrava fisicamente

Perto de renovar seu contrato com o Santos, Ricardo Oliveira afirmou que não terá dificuldade para firmar o novo vínculo com o Peixe. O atacante revelou ter gostado da proposta santista e lembrou que o clube foi o que lhe deu a oportunidade de mostrar seu potencial. Ricardo Oliveira é o artilheiro da equipe no ano, com cinco gols marcados. Ele retornou à Vila Belmiro em janeiro e aceitou um acerto curto, de cinco meses, e um salário bem abaixo do mercado, cerca de R$ 50 mil.

- Está em processo de renovação. Já sentamos, tivemos uma primeira reunião para ver a melhor forma. Me agradou bastante (a proposta do) Santos, que foi o clube que me deu a oportunidade de mostrar meu potencial como atleta. Certamente não teremos dificuldade para renovar o contrato - disse Ricardo.

O atacante disse ter visto com tranquilidade o fato de ter saído do Al Wasl, dos Emirados Árabes Unidos, para se transferir ao Santos com um vínculo curto. A justificativa para isso, nas palavras do próprio Ricardo Oliveira, é que ele vinha "de um momento que ninguém sabia como estava fisicamente".

- No momento que eu estava vivendo, levei tranquilo. Obviamente tenho uma história, também entra a questão da vaidade, ter jogado em vários clubes, na Seleção, no Santos. Mas vim de um momento que ninguém sabia como eu estava fisicamente. Acho que esse foi o maior impasse na hora de se discutir. E a situação financeira do Santos não tinha o que se discutir. Eu queria vestir a camisa, queria jogar - afirmou.

Nas conversas pela renovação, a diretoria alvinegra propôs um salário de R$ 80 mil fixos, mais bônus que podem fazer esse valor saltar para R$ 150 mil por mês, até o final desta temporada. A segunda opção - e preferida pelo atleta - é de R$ 150 mil, mais até R$ 100 mil por metas, com contrato até o final de 2017.

SporTV

Nenhum comentário: