No peito e na alma !

No peito e na alma !

terça-feira, 17 de março de 2015

Melhor ataque de SP, Santos desafia 'seca' do Londrina por vaga antecipada



A goleada por 4 a 1 sobre o Marília, mesmo atuando praticamente só com reservas, colocou o Santos na liderança da classificação geral do Campeonato Paulista e ainda fez a equipe dirigida pelo técnico Marcelo Fernandes atingir a marca de melhor ataque do Estadual, com 22 gols em dez partidas. Confortável na disputa por uma vaga nas quartas de final do torneio, o Peixe mira o foco para a Copa do Brasil, e tem seu jogo inaugural nesta terça-feira, às 19h30, no estádio do Café. O adversário é o Londrina, que já esteve no caminho do Santos em 2014.

Na última edição da Copa do Brasil, o Santos encarou o Londrina na terceira fase e foi surpreendido com uma derrota por 2 a 1 no estádio do Café. Na volta, com Robinho à disposição, a equipe então dirigida por Oswaldo de Oliveira venceu por 2 a 0 e assegurou a caminhada para as oitavas. Depois de eliminar Grêmio e Botafogo, o Santos caiu para Cruzeiro, nas semifinais, e deu adeus ao sonho de uma vaga na Libertadores.

Com pouças mudanças em relação ao time de 2014, o Londrina tentará superar uma seca ofensiva que o acompanha no Campeonato Paranaense: já são três jogos sem marcar, o que faz da equipe dona do pior ataque entre os sete mais bem posicionados do Estadual. Quinto colocado no Paranaense, o Londrina não terá à disposição sete jogadores suspensos pelo STJD: Marcelo, Allan Vieira, Diego Prates, Guilherme Amorim, Bidía, Anderson e Hiago. Todos eles foram punidos por confusão generalizada em jogo contra o Brasil de Pelotas, pela Série D do Brasileirão. Destes, Allan e Bidía são considerados titulares, e serão substituídos pelo experiente Lino, de 37 anos, e por Diogo Roque, respectivamente.

O destaque da equipe paranaense segue sendo o meia Celsinho, revelação da base da Portuguesa, e ainda referencial técnico do time de Cláudio Tencati, à frente do LEC desde 2011. Neste ano, porém, o volante Germano está à disposição. Campeão paranaense em 2014, o ex-jogador do Santos (clube que defendeu em 2009 e 2010) voltou do Coritiba, clube pelo qual disputou o Brasileirão.

Já no Peixe, os desfalques são os mesmos das últimas rodadas do Paulistão: Alison, Caju, Daniel Guedes e Chiquinho. Assim, Victor Ferraz segue jogando improvisado na lateral-esquerda. No ataque, Thiago Ribeiro e Gabigol continuam como opções mesmo tendo sido destaques da última rodada do Estadual. O trio formado por Geuvânio, Robinho e Ricardo Oliveira terá sequência como titular com o objetivo de eliminar a partida de volta.

- A gente está conseguindo marcar bastantes gols nos últimos jogos. Deixamos muitos jogadores fora, mas os que entraram deram conta do recado. E vamos continuar assim. O Londrina tem uma marca negativa, mas não adianta dizer que está sem marcar, isso ou aquilo, porque eles têm atacantes de ponta, como o Arthur, por exemplo - disse o técnico santista Marcelo Fernandes, citando o ex-jogador do Flamengo, titular nesta terça-feira ao lado de Paulinho.

Se o Santos vencer o Londrina por dois gols de diferença nesta terça-feira, elimina a possibilidade de jogo de volta. A princípio, o segundo duelo está marcado para o dia 16 de abril, às 21h30, na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA
LONDRINA x SANTOS

Local: Estádio do Café, em Londrina (PR)
Data/hora: 17 de março de 2015, às 19h30
Árbitro: Paulo Henrique de Melo Salmazio (MS)
Assistentes: Leandro dos Santos Ruberdo e Sérgio Alexandre da Silva (ambos do MS)

LONDRINA: Vitor, Lucas Ramon, Dirceu, Silvio e Lino; Diogo Roque, Germano, Davi Ceará e Celsinho; Arthur e Paulinho. Técnico: Cláudio Tencati.

SANTOS: Vanderlei, Cicinho, Werley, David Braz e Victor Ferraz; Valencia, Renato e Lucas Lima; Geuvânio, Robinho e Ricardo Oliveira. Técnico: Marcelo Fernandes.

Lancenet

Nenhum comentário: