No peito e na alma !

No peito e na alma !

quarta-feira, 18 de março de 2015

Em meio a interesse do Cruzeiro, Santos 'protege' Lucas Lima


Enquanto a Raposa admite interesse no principal armador do time, Peixe faz vídeo com o jogador afirmando querer permanecer na Vila Belmiro. Camisa 20 mira Europa

O Cruzeiro sabe que é muito difícil tirar Lucas Lima do Santos, mesmo assim quer contratar o jogador. Enquanto isso, no que seria um dia comum, a última terça-feira, estreia na Copa do Brasil o Peixe lançou um vídeo com declarações do meia, afirmando querer permanecer na Vila Belmiro.

- Estou muito feliz no Santos. Tive chance de sair no começo do ano e não foi o que quis para mim. Pela alegria que tenho de jogar e vestir essa camisa, estou feliz e quero permanecer, cumprir meu contrato (válido até o fim de 2017). Estou focado no Paulista e Copa do brasil. Quero ser campeão - disse o camisa 20 no vídeo, que teve proposta do Torino (ITA) e do futebol chinês, de R$ 15 e R$ 16 milhões, respectivamente.

Nos bastidores, a Raposa procurou o Doyen Sports, fundo de investimentos maltês que tem 80% dos direitos econômicos do jogador. No entanto, após a recusa no início do ano, tanto os empresários do jogador, quanto o próprio meia, têm como objetivo uma transferência para a Europa para clubes de maior expressão.

Ciente de que o Cruzeiro observa o atleta e tem até intermediários para cuidar da negociação, a empresa representante de Lucas Lima, a Khodor Soccer, estabeleceu que não sentará para conversar com ninguém, reforçando o discurso do camisa 20 do Peixe sobre a permanência na Vila Belmiro.

O presidente do Alvinegro, Modesto Roma Júnior, também manifestou o desejo de não perder o armador.

- O Lucas Lima é um atleta do Santos. Não temos menor interesse de vendê-lo no Brasil. O Cruzeiro não conversou conosco. Isso é mimimi! - disse à rádio Capital.

Com a camisa do Santos, que veste desde o início de 2014, Lucas Lima fez 59 partidas, cinco gols e deu 14 assistências. O Peixe tem apenas 10% de seus direitos econômicos, enquanto a Khodor Soccer tem outros 10%. Em relação aos 80% da Doyen Sports, o Santos tem direito a 20% de um eventual lucro em uma venda sobre os direitos pertencentes ao fundo maltês.



Lancenet

Nenhum comentário: